terça-feira, 25 de maio de 2010

Um recado para as tentantes

Eu leio muita coisa nos blogs e tem coisas que desacredito. Lógico que sofremos quando recebemos um negativo, é dificil saber que precisamos de tratamento para engravidar, mas a vida continua, enquanto não engravidamos temos que voltar nossa atenção a outras coisas. No dia que recebi o ultimo negativo, nem acreditei, achei realmente que estava gravida e não estava, fiquei chateada, não cheguei a chorar, mas fui afogar minhas lagrimas em umas batatas fritas com bacon.
Mas sei que vou engravidar, sei que posso engravidar e essa questão que algumas treinantes não entendem. Muitas tem problemas simples, que com um pouco de estimulo hormonal e paciência conseguem engravidar, mas colocam isso como um peso enorme a se carregar. Gente tomar remedio para engravidar é completamente normal, minha mãe tomou para ficar gravida de mim e isso foi a trinta anos atrás!
Agora ficar jogando culpa em deus, achando que ele não quer que faça tratamento ou que se precisar de tratamento é contra a vontade de deus, que mundo estamos?
Então tomar remédio para dor de cabeça é também contra a vontade de deus, afinal ele quer que você tenha dor de cabeça...Ah, vamos evoluir!
Vou contar uma coisa que aconteceu hoje:

Aqui onde moro tem muitos pedintes e quando estava entrando com o carro na garagem, veio mais uma pedir dinheiro, disse que era para sua filha que está doente.
Eu falei:
"Se não tem condições porque tem filho então, você acha certo deixar sua filha sofrer assim?"
"Me dá sua filha pra mim que eu cuido dela"
A mulher disse:
"Ai temos que negociar, conversar direito"

Ou seja a mulher negocia sua própria filha e deus realmente quis que ela engravidasse, fez dela uma pessoa saudavel para engravidar e deixar sua filha passar fome... É isso?
Se essa justiça divina existisse, só mulheres felizes, cheias de instinto materno, com dinheiro, teriam filhos. E as que matam os filhos, espancam até a morte, usam drogas na gravidez, essas deus quis que engravidasse?
Então isso quer dizer que deus não tem nada a ver com nossa história de tentante. Vamos parar com isso, vamos deixar que a vida nos conduza naturalmente.
Tudo bem se não engravidei agora, o importante é que estou tentando e minha hora vai chegar, assim como a de vocês.
Mas na minha vida tudo aconteceu por um motivo e sempre deu certo, mesmo que eu fiquei frustada no momento, me mordi, chorei, mas o caminho que me levou sempre foi o melhor e vocês devem pensar assim.
Se não estão engravidando agora é que terá o momento certo, talvez alguma coisa na vida esteja fora do eixo e precisa se ajeitar, é assim que penso.
Eu não fiquei tão decepcionada por não ter engravidado agora, meu marido não queria, ele quer participar de tudo e agora estará viajando, ele não teria paz, ficaria muito preocupado então esse não é o momento. Vamos fazer o tratamento quando ele voltar e ver no que vai dar. Mas digo que agora estamos muito mais preparados do que antes quando engravidei, já falei aqui porque.
Então pensem assim, não adianta ficar se lamuriando, as vezes a vida nos dá sinais que precisamos mudar alguma coisa e deixamos passar.
Enquanto não engravida, curta tudo, cuide do corpo, prepare-se para receber seu filho em sua barriga. Se tem que emagrecer, então emagreça! Se precisa de dinheiro, vá juntando, faça uma poupança! Se precisa arrumar a casa então arrume aos poucos.
Faça tudo que puder fazer enquanto não estiver gravida, prepare-se para a chegada de seu filho e não fique chorando e deixando tudo para depois.
 Se concentre nessa preparação e a cada menstruação e negativo, pense que terá mais um tempinho para terminar de ajeitar o que é necessario. Se ocupe, faça um curso, tem vários gratuitos, vá para academia, faça natação (no sesc é otimo e não paga), leia livros, faça varios exames que precise, faça um check up por sua conta. Tem tantas tentantes que nem fizeram exames nenhum antes de engravidar, então corra atrás disso. Tome as vacinas que venceram ou que precisa tomar. Fortaleça sua relação com o marido, saia, vá namorar, vá acampar, aproveite enquanto tem só vocês dois.
Faça tudo, menos ficar chorando pelos cantos. Muitas vezes temos uma vida maravilhosa, que muitos dariam tudo para ter e estragamos porque nunca estamos satisfeitas. Pensem que a gravidez é um objetivo e não um problema.

6 comentários:

Morena disse...

Poxa amiga temos algo em comun, tbm fiquei pouco tempo grávida.

quero te seguir ......

Kêkê disse...

Amiga admiro sua FORÇA...A revolta faz parte do caminho, os obstáculos também e temos direito de cair em prantos, chorar e viver aquela tristeza do momento...Realmente concordo com você que não devemos colocar Deus como responsável gerente de nossas vidas...Devemos sim levantar, analisar os erros e agir para mudanças...Cada um com seu ritmo e próposito...Mas Permita-se sempre momentos de REFLEXÃO como esse que fez, muito legal e produtivo.
Beijocas

Renatinha disse...

Marcinha, q tapa na cara q vc deu hein.. rsrsrs
Nao sei por onde comecar aqui.. porque ontem alguem escreveu que so pq eu nao quero filhos gemeos Deus nao mandou nenhum pra mim!
Ainda tive calma e nao fui responder pq tem gente q tem uma cabecinha do tamanho de uma lentilha, viu!
Sabe o q acontece, aqui tem muuuuuitas evangelicas, muitas sao sensiveis ao ponto de saber distinguir uma coisa da outra, mas tem umas q eu vou te falar, a pura ignorancia em forma de gente!
Olha amiga, nao esqueci o q prometi nao.. me manda seu end pra eu mandar uns testes de ovulacao rpa vc!
Qdo o marido volta? Assim eu mando antes dele voltar de viagem!
bjus e se cuida

Ana Paula disse...

Gostei do que escreveu. Acho que é isso mesmo. Enquanto o bebê não vem vamos nos tornar muita pessoa melhor.
E concordo com vc: se tem possibilidades de tratamento por que não usá-los?
Imagina quantas mulheres nao puderam engravidar no passado, e hoje, com certeza estariam grávidas.
Grande bj

Paulinha disse...

Oi Marcia! Concordo plenamente com vc! Tudo tem a hora certa de acontecer. O Fato de nao engravidarmos nao significa que Deus nao queira, e sim que talves nao esteje na hr certa, ou que temos que passar por isso, para aprendermos alguma coisa.. tudo nessa nossa vida e aprendizado!
De forma alguma devemos deixar o tratamento de lado, se a medicina nos proporciona isso, pq nao?
Muito bem colocado o post.

Bjnhus


http://paulinhabian.blogspot.com/

Daiane Raquel disse...

Marcia.
Para queria te avançar guria! Me deu literalmente um banho no começo, mas me incentivou bastante a continuar me preparando e tudo ao tempo de Deus!